Ride-a-thon Memorial, uma bela homenagem

Na noite de ontem, jogadores do servidor Moon Guard se reuniram em um evento que levou dezenas de […]

Na noite de ontem, jogadores do servidor Moon Guard se reuniram em um evento que levou dezenas de triciclos (trikes), mecanostruzes (mechanostriders) e mecanotocas (mechano-hogs) a cruzarem os Reinos do Leste (Eastern Kingdoms) de Norte a Sul.

O ‘Ride-a-thon Memorial’, como foi chamado o evento, foi uma homenagem aos heróis de guerra, tanto dentro quanto fora do jogo. Nos Estados Unidos, a última segunda-feira de maio é chamada de Memorial Day, uma data para homenagear aqueles que morreram prestando serviços militares ao país. Na esfera da ficção de World of Warcraft, a data foi estendida para homenagear os personagens que morreram defendendo Azeroth e relembrar os acontecimentos da história (lore) que levaram a estas perdas.

O evento iniciou com um discurso do organizador, Githnji, traduzido simultaneamente por um representante da Aliança. O texto deu o tom do evento, lembrando passagens e personagens que deram suas vidas por suas facções e por Azeroth. Logo após, partiram as engenhocas.

Devidamente motorizados, os jogadores atravessaram mais de dez regiões do mapa dos Reinos do Leste. Partindo da Capela Esperança da Luz (Light’s Hope Chapel), nas Terras Pestilentas Orientais (Eastern Plaguelands), os ‘easy riders’ rumaram para o Sul, passando por cavernas, túneis, pântanos, montanhas, fortalezas, florestas, até chegar ao porto de Angra do Butim (Booty Bay). Bebidas, /dance, banquetes e churrascão goblin deram o tom da confraternização daí em diante – com algum RP aqui e ali.

Ride-a-thon

Eventos como este podem parecer, para alguns, meio sem propósito, mas são exatamente o oposto. Além da confraternização entre os jogadores que, neste caso, poderiam confraternizar também como personagens (afinal, o servidor é RP), há um fundo moral, expressado aqui na escolha da data e no discurso do anfitrião. A maior parte daqueles compareceram e tomaram parte do evento, de uma forma ou outra, mostraram um certo compromisso social (com um grupo de pessoas) ou moral (com o significado do evento).

Um /salute para Githnji por este que deve ser seu último evento, pois o jogador pretende deixar o WoW para se dedicar a assuntos pessoais.

Fica aqui a esperança de, quem sabe um dia, termos a maturidade para organizar e realizar eventos como este nos servidores da comunidade brasileira. Quem sabe?

Mais sobre o evento:
* Post inicial do evento no Forum
* Vídeo feito por um participante do evento

Você vai gostar de ler...

About Sensever

Mais pra Aliança do que pra Horda, mais pra morto-vivo do que pra humano, sempre brigando contra o 'altoholicismo'