A melhor classe para começar no WoW

Um amigo me perguntou  qual a melhor classe pra quem quer começar a jogar World of Warcraft? Creio […]

Um amigo me perguntou  qual a melhor classe pra quem quer começar a jogar World of Warcraft? Creio que não há uma resposta certa para esta questão, mas talvez algumas dicas ajudem a facilitar a escolha.

A melhor classe para você jogar vai depender do tipo de jogador que você é – agressivo ou defensivo, solitário ou colaborativo, hardcore ou casual, paciente ou apressado, mecânico ou cerebral, PVP ou PVE, etc. Sendo assim, só você mesmo pode decidir qual a classe que mais lhe agrada.

Mas, na melhor das intenções, vamos ver se consigo dar uma mãozinha para quem quer se jogar pela primeira vez nesse mundão de Warcraft.  A meu ver, estas são as top 3 classes mais legais e descomplicadas para quem está começando no jogo agora.

O Caçador/Hunter

Provavelmente, a classe mais fácil e interessante de jogar para um iniciante. Principalmente agora, que você já sai com um pet – antes, você tinha que domar seu primeiro pet, e isso só no nível 10. O caçador é uma classe focada no ataque (dps/dano), que se baseia no dano à longa distância e no auxílio inestimável do seu pet para liquidar rapidinho com os inimigos. É uma das classes com maior fator de sobrevivência do WoW, graças à dobradinha entre caçador e pet. Dentre as especializações da classe, eu fico entre Beast Mastery e Marksmanship, sendo a última a minha preferida.

O Paladino

Uma classe híbrida, que pode se especializar em qualquer um dos papéis (dano/dps, cura/heal e defesa/tank), o paladino é uma das classes mais apadrinhadas do World of Warcraft. Bom na ofensiva e na defensiva e com capacidade de cura independente da especialização escolhida, o paladino é a minha sugestão para quem gosta de bater de frente com o inimigo. Jogadores mais cautelosos e defensivos podem se especializar em Proteção (tank, usando escudo), enquanto Retribuição (dano/dps, usando armas de duas mãos) é a especialização para os mais sanguinolentos.

 O Sacerdote/Priest

Ok, muita gente vai estranhar essa sugestão… afinal, uma classe com foco em cura não tende a ser uma boa pedida para quem está começando. No entanto, o sacerdote tem uma especialização bem interessante, que, embora focada em cura, não deixa de lado o dano e tem bom fator de sobrevivência. A especialização em Disciplina é uma saída para aqueles jogadores que querem atuar no papel de Healer, mas também não querem ficar fugindo dos mobs mapa afora quando estiverem fazendo quests. Graças a magias como Penace, Mind Blast e Escudo, o sacerdote Discplina se vira bem no começo do jogo. É provável que o jogador que faça esta escolha demore um pouquinho mais para cumprir alguns objetivos logo no começo, mas, a partir do nível 15, quando começar a participar de Masmorras/Dugeons, subir de nível será problema algum.

Outras classes que também são relativamente simples de pegar a manha são o Mago, Guerreiro/Warrior e Ladino/Rogue. Particularmente, acho Bruxos/Warlocks, Xamãs e Druidas um pouco mais tinhosas, mas nada que um pouco de leitura e pesquisa não dê jeito. E, antes que você se pergunte, o Cavaleiro da Morte/Death Knight é uma classe heróica, que só é habilitada no jogo depois que você tiver o seu primeiro personagem nível 55.

O certo é que não há uma unanimidade de qual a melhor classe pra começar no WoW. As opiniões vão depender do estilo do jogador, do tempo que ele dispõe pra jogar, da forma que ele interage com os outros jogadores e com o próprio jogo.  Pesquise, leia alguns artigos, assista vídeos de gameplay e converse com quem joga atualmente. Mesmo com toda a informação da internet, quem vai decidir qual a melhor classe para você é você mesmo.

 

 

 

Você vai gostar de ler...

Tags:

Sobre Sensever

Mais pra Aliança do que pra Horda, mais pra Paladino que pra Mago, sempre brigando contra o 'altoholicismo'